O futuro é móvel: entendendo a robótica móvel colaborativa e seus benefícios

A robótica móvel colaborativa, com seus robôs móveis autônomos (AMRs), vem entregando a empresas de todos os setores diversos benefícios em operações de logística e de manufatura.  

As principais vantagens da adoção da robótica móvel colaborativa incluem maior produtividade, já que os AMRs realizam tarefas com eficiência 24 horas por dia, reduzindo significativamente o tempo de produção. Além disso, aumenta a segurança, minimizando acidentes de trabalho ao assumir funções em ambientes perigosos e, também, aumenta a flexibilidade, permitindo uma rápida adaptação às exigências do mercado e às mudanças de produção.  

O futuro da automação no setor industrial e de logística parece mais promissor do que nunca. As inovações em Inteligência Artificial (IA), aprendizado de máquina e Internet das Coisas (IoT) deverão refinar e expandir ainda mais os recursos de automação e da robótica móvel colaborativa, com sofisticados AMRs que se integram perfeitamente aos sistemas existentes para aumentar a produtividade e a adaptabilidade.  

Planejando a adoção da robótica móvel colaborativa  

As empresas devem avaliar as suas necessidades específicas, identificar potenciais áreas de automação e estabelecer parcerias com fornecedores experientes como a EDGE Brasil. Nossa equipe conta com expertise para orientar as empresas nessa transição, garantindo que aproveitem todo o potencial da tecnologia de robótica móvel colaborativa para atingir seus objetivos operacionais. 

A eficiência é fundamental no atual cenário industrial altamente competitivo e a automação de processos serve como uma alavanca fundamental para alcançar essa meta. Ao integrar a robótica móvel colaborativa, os fabricantes e as empresas de logística podem otimizar as suas linhas de produção, reduzir o tempo de inatividade e os custos de mão de obra. Essa operação simplificada não apenas aumenta a lucratividade, mas também melhora a qualidade geral do processo de fabricação e automação. 

Como liberar o potencial da robótica móvel colaborativa em diversos setores?  

A automação no setor industrial não é uma solução única para todos; é uma ferramenta versátil que traz benefícios exclusivos para diversos setores. Desde a melhoria das linhas de montagem na indústria automotiva até a precisão nos processos da indústria eletrônica, a integração da robótica móvel colaborativa é adaptada para atender aos desafios e requisitos específicos.   

Ao explorar como a automação com AMRs está revolucionando as operações em vários setores, as empresas podem descobrir novas oportunidades de crescimento, eficiência e inovação. Vamos conferir as suas aplicações em alguns segmentos: 

Setor Automotivo  

No setor automotivo, a busca pela eficiência e precisão é fundamental. Os desafios diários incluem a gestão de cadeias de abastecimento complexas, a garantia de qualidade consistente em todas as linhas de produção e a rápida adaptação aos avanços tecnológicos. A automação unindo AMRs e braços robóticos colaborativos (falaremos mais sobre isso adiante) oferece soluções que simplificam os processos de montagem, permitem o gerenciamento de estoque em tempo real e fornecem flexibilidade para atender as mudanças nas demandas de fabricação. 

Setor de Bens de Consumo Embalados 

A indústria de bens de consumo embalados (CPG – Consumer Packaged Goods) enfrenta a difícil tarefa de atender demandas flutuantes, mantendo, ao mesmo tempo, baixos custos operacionais. Os desafios aqui incluem gerenciar a alta variabilidade de estoque, garantir o atendimento pontual dos pedidos e minimizar o desperdício durante a produção. A robótica móvel colaborativa, facilitada pelos AMRs, ajuda na classificação, separação e embalagem eficiente de mercadorias, acelerando assim a cadeia de abastecimento e reduzindo erros.  

Setor de Logística e 3PL  

As empresas de logística e logística terceirizada (3PL) lutam para otimizar as operações de armazém, reduzir custos de transporte e aumentar a satisfação geral do cliente. Os principais desafios aqui incluem precisão de estoque, entrega pontual e soluções escalonáveis para períodos de pico. A automação com AMRs agiliza as operações do armazém, aumentando a eficiência e a adaptabilidade neste ambiente de ritmo acelerado.  

Indústria Eletrônica 

Na indústria eletrônica, os ciclos de vida rápidos dos produtos, a miniaturização de componentes e os padrões de alta qualidade representam desafios diários. A automação com robôs auxilia em tarefas de montagem precisas, manuseio eficiente de materiais e processos de controle de qualidade, garantindo que os produtos atendam às crescentes expectativas dos consumidores, ao mesmo tempo que acompanham a dinâmica do mercado.  

Adicionando mobilidade aos braços robóticos colaborativos 

Nos últimos anos, a fusão da robótica móvel colaborativa com braços robóticos colaborativos tem atraído muita atenção. Com o aumento do foco na produtividade, escassez de mão de obra qualificada e o crescimento exponencial do setor e-commerce, os manipuladores móveis surgiram como uma eficiente solução. Segundo a Federação Internacional de Robótica (IFR), o crescimento do uso de manipuladores móveis deverá ser substancial, atendendo a uma ampla gama de aplicações para a combinação das duas tecnologias. 

Basicamente, um manipulador móvel compreende um braço robótico colaborativo montado em uma plataforma robótica móvel autônoma. Embora este conceito pareça simples, alcançar a funcionalidade ideal requer a integração perfeita de hardware e software.  

Os robôs colaborativos trabalham em parceria com humanos, minimizando a intervenção manual e aumentando diretamente a produtividade em toda a cadeia de valor. Ao incorporar a mobilidade, os braços robóticos podem atingir um elevado nível de autonomia, automatizando assim um espectro mais amplo de tarefas no transporte de materiais e nos processos de produção.  

Além disso, essa solução integrada permite que o mesmo equipamento se adapte perfeitamente a diversos cenários de produção, maximizando a sua utilidade e eficiência em vários fluxos de trabalho. 

Para que as empresas se mantenham competitivas, os processos logísticos devem tornar-se cada vez mais enxutos e responsivos. A robótica móvel colaborativa contribui para fluxos de trabalho confiáveis, eficientes e flexíveis. Isto significa que aqueles que automatizarem mais processos serão capazes de responder melhor às demandas externas e atender pedidos maiores ou mais complexos do que antes. 

Esse é um cenário atraente e pode se tornar realidade. Entre em contato com a EDGE Brasil e saiba mais. 

Compartilhar

BLOG

Conheça mais posts do nosso blog

Não é de hoje que uma infraestrutura de rede inteligente e de alto desempenho é a...
Os silos são há muito reconhecidos como estruturas fundamentais em diversas indústrias, oferecendo soluções eficientes de...
Otimizar suas operações industriais e melhorar a eficiência energética pode ser um desafio. A gestão estratégica...
Ver todos os posts