O que esperar do futuro da automação industrial?

As novas tecnologias vem mudando nosso mundo dia após dia. Elas estão presentes tanto em nossa vida pessoal, quanto na profissional. Não é novidade, por exemplo, a presença de novas ferramentas auxiliando na otimização do chão de fábrica, gerando inovações nos processos e menos complexidade. A automação industrial é a principal representante dessa transformação digital no ambiente fabril.

No artigo de hoje, vamos falar um pouco sobre a importância dessas soluções nas indústrias e o que é possível esperar do futuro. Se quiser saber mais sobre uma ótima oportunidade para implementar eficiência e redução de custos na sua empresa, confira!

O que é automação industrial?

A automação industrial é um tema bem recorrente e que é alvo de muita desinformação. Ela consiste basicamente na utilização de equipamentos eletrônicos, como sensores, controladores e redes de computadores, a fim de otimizar o fluxo operacional nas indústrias.

Surgiu como uma maneira de suprir aumentos de demanda, com a garantia de eficiência e controle de gastos. Assim, ela resolve a demora para entrega dos resultados e o adiamento forçado de prazos. Outra questão a ser abordada são as paradas forçadas de máquinas e equipamentos que compõem o ambiente do chão de fábrica.

Qual o futuro da automação industrial?

O futuro da automação industrial está relacionado com a chamada quarta revolução industrial (indústria 4.0), sendo que o grande pilar desse conceito é justamente o de automatizar processos.

Claro que o termo abrange outros aspectos, como inteligência e conectividade, mas todos esses princípios estão amarrados com uma cultura focada na utilização de sistemas eletrônicos para executar funções comuns.

O cenário está bastante promissor. No Brasil, por exemplo, a evolução ainda está em andamento, com muitas organizações na fase da indústria 3.0 e planejando a migração para a etapa 4.0.

A seguir, veremos algumas tecnologias-chave nesse momento que impulsionarão essa transformação.

Robôs AMR

Os robôs terão um papel importante nessa revolução. A tendência para o futuro é o trabalho colaborativo com os funcionários, baseado na integração entre pessoas, processos e tecnologias.

Os AMRs, por exemplo, consegue mapear o ambiente e realizar o carregamento de materiais de um ponto a outro, realizando essa tarefa com maior segurança e menos custos. O resultado é mais agilidade operacional, sem abrir mão do foco nos valores e na estratégia, liberando colaboradores para outras funções.

Nuvem

Nesse contexto, vale citar a computação em nuvem. As ferramentas tecnológicas continuarão sendo oferecidas como serviços, com formas simples de pagar e de aumentar a escala, caso necessário. A tendência é um foco menor em armazenamento e processamento local e maior em soluções disponíveis na internet para acesso a qualquer lugar, em qualquer momento.

Acesso remoto

Manutenções remotas também são importantes para o futuro. A previsão é que os prestadores de serviço que auxiliam no reparo de equipamentos façam isso por meio da internet e de forma segura, sem necessariamente terem que visitar as empresas fisicamente.

Realidade aumentada

A realidade aumentada permite manipular uma máquina, acompanhar os indicadores e os dashboards, além de realizar assistência remota. Ainda permite treinamentos de funcionários e reconhecimento de peças e padrões.

Big Data

Um dos conceitos mais comentados do momento, o Big Data será referência nos próximos anos. Diz respeito a uma grande massa de dados disponíveis para coleta e análise que oferecem a oportunidade de otimizar as decisões das companhias. Ou seja, com o processamento e a compreensão dessas informações, as empresas são capazes de acertar mais em suas escolhas, prever o futuro, identificar problemas e se manter competitiva.

A automação gera produtividade. Quanto mais avançada for a ferramenta de análise, menos necessário será a intervenção humana e menos tempo será preciso para solucionar os problemas.

Simulação de equipamentos de produção

Outra tecnologia relevante é a que envolve a simulação de equipamentos de produção, também chamada de gêmeos digitais. Essa ferramenta vai ajudar nos testes e avaliações dos produtos, contribuindo com eficiência e permitindo possibilidades inúmeras. Trata-se de uma simulação virtual dos produtos que viabiliza uma análise isolada dos aspectos deles.

Assim, é possível evitar erros nas produções e buscar resultados ainda mais alinhados com as demandas do mercado. Isso também permite que a empresa experimente e tente novas abordagens, buscando a evolução constante.

Quais os próximos passos para quem já começou a implementar automação?

Para uma empresa que já implementou ou está implementando a automação industrial, existem alguns passos para aperfeiçoar ainda mais e otimizar os resultados. Antes de tudo, é importante buscar o envolvimento e engajamento de todas as áreas da empresa e alinhar as expectativas de todos. As pessoas devem estar comprometidas com o crescimento da companhia, não somente com a função delas.

O primeiro passo é avaliar bem os processos atuais, com relação à estrutura, capacitação e oportunidades de melhoria, a fim de identificar o que pode ser ajustado. Então, a companhia pode iniciar a modernização de processos antigos. É importante ficar atento às tecnologias que citamos no último tópico, principalmente o Big Data.

Para coletar dados e começar a aproveitar os benefícios dessa análise, é necessário utilizar redes de sensores. Depois, vale a pena investir em ferramentas de análise para extrair valor dos dados. O objetivo geral deve ser reduzir os desperdícios, aumentar a disponibilidade dos equipamentos e otimizar os processos constantemente.

Na sequência, o ideal é buscar colaboração e integração com outras áreas, além do TI. Depois do sucesso do projeto inicial, a empresa deve replicar a mesma fórmula para os outros departamentos, a fim de garantir comunicação.

A automação é uma das soluções modernas mais interessantes para as indústrias, pois permite aumento de eficiência, produtividade, agilidade e um melhor posicionamento no mercado, com maior competitividade. É uma necessidade real, uma vez que todas as empresas precisam disso para decisões mais rápidas e eficientes, além de maior competitividade.

Além disso, é uma porta para a implementação da transformação digital e da quarta revolução, fornecendo o suporte devido à inovação constante no chão de fábrica.

Ficou alguma com alguma dúvida ou quer conhecer mais sobre automação industrial? Entre em contato com a nossa empresa e descubra como podemos solucionar os seus problemas!

Compartilhar

BLOG

Conheça mais posts do nosso blog

Descubra o poder da iluminação solar e como ela pode impulsionar o seu negócio A busca incessante...
Descubra as vantagens da remanufatura e como ela se destaca em relação aos simples reparos No contexto...
Descubra a revolução da iluminação personalizada e automatizada em diversos setores A revolução da iluminação inteligente está...
Ver todos os posts